Casinha Branca

O mundo parece cada vez menor para o ser humano. É engraçado olhar para a história do homem e ver como ele brigava por território, mesmo tendo espaço pra todo mundo. Hoje sim, estamos sem espaços habitáveis e tentamos solucinar o problema usando tecnologia, criatividade, arquitetura, etc. Eu postei há alguns dias sobre o  modelo Smart Car, que é uma solução pro trânsito das grandes cidades, além de ocupar menos espaço e ser menos poluente. Agora é a vez de uma casa. Você consegue se imaginar morando num espaço de 27 metros cúbicos? É claro que é obra dos japoneses! O autor é Jo Nagaska, da empresa Schenata Architecture:

O nome do projeto é Paco e li sobre ele (primeiramente) no blog da revista Galileu. Depois fui pesquisando, pesquisando e encontrei mais informações sobre ele. A proposta é do Paco ser uma casa móvel, o proprietário só precisa arrumar uma maneira de carregar a casa e reabastecer a água. A casa ainda não está disponível no mercado, mas eu acredito que é essa a idéia daqui pra frente. O espaço é composto por objetos básicos para sobrevivência: uma rede para dormir, uma mesa para comer ou apoiar qualquer coisa, um vaso sanitário, um chuveiro e uma pia. A própria empresa admite que é uma casa bastante limitada para viver, mas não tem como não notar essa genial idéia. Eu particularmente dispenso. Gostaria de entrar, conhecer, passar um dia. Mas viver?! Não, muito obrigada. Já tenho muitos problemas, não quero que claustrofobia habitacional seja mais um.

Post by Amanda Camillo

There are no comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: